A Couve Alentejana

Ela não pode faltar nos pratos do Alentejo. E por que não inserir a couve no seu dia a dia também? Eu adoro.

Ela é sim um alimento riquíssimo em cálcio!

Segundo nutricionistas, a quantidade de cálcio encontrados em 100g de couve refogada é de 177mg.

Enquanto o leite apresenta, na mesma quantidade, 134mg de cálcio na versão desnatada,  e apenas 123mg na integral.

A couve é um alimento até mais adequado para os ossos que o leite de vaca, e chega a compará-la ao leite materno.

O magnésio presente na hortaliça é fundamental para a absorção do cálcio. E a couve tem esses dois minerais na proporção adequada, tornando-se importante já que o cálcio precisa do magnésio para conseguir exercer suas funções e formar a massa óssea.

Essa parceria entre o magnésio e cálcio é super fundamental! Juntos, eles ajudam ajudar o corpo a se livrar do acúmulo de gordura, regulam a pressão arterial e hormonal e ainda atuam na contratilidade muscular. Além disso tudo, o magnésio é importantíssimo para o funcionamento de todos os nossos neurotransmissores, dando um ânimo maior a nossa vida.

Aí vão mais alguns benefícios da couve: 

– Fonte de vitamina C: ela possui antioxidantes que ajudam a prevenir o envelhecimento da pele.

 – Combate à celulite: por ser antiinflamatória, melhora a circulação e o aspecto da pele.

– Rica em fibras: a torna uma grande aliada na perda de peso e também na regulação do intestino.

– Previne as câimbras: por ser rica em magnésio que tem a função de ativar a bomba de sódio e potássio, possibilitando a entrada do potássio na célula.

– Apresenta boa quantidade de iodo: importante na regulação dos hormônios produzidos pela tireoide, o iodo ajuda no crescimento físico e neurológico e na manutenção do fluxo normal de energia (metabolismo basal)

– Possui ação desintoxicante e preventiva contra o câncer: os glicosinolatos presentes na couve, são fitoquímicos naturais, e por terem ação desintoxicante, estimulam o organismo a se livrar até mesmo das substâncias cancerígenas, além de fortalecer o sistema imunológico.

– Possui alta concentração de betacaroteno: o que ajuda a manter aquele bronzeado lindo quando pegamos sol.

Afinal, ela é ou não é uma ótima verdura para ser consumida sempre? 🙂 

beijinhos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *