CABEÇA DE BORREGO COMO NO TEMPO DOS AVÓS NO ALENTEJO

As cabeças de borrego assadas na brasa, acompanhadas de pão e vinho Alentejano são um petisco que não exige grande formalidade.

Tente adquirir uma cabeça muito fresca e no próprio dia da confecção, já que os miolos se degradam muito depressa e é muito desagradável encontrar depois a mioleira meio desfeita.

Embora conceda que seja realmente dos pratos mais feios e até repelentes à vista que se possa imaginar é um dos Petiscos feitos no Alentejo.

  • Ingredientes:
  • Cabeças de Borrego ou Carneiro,
  • sal, pimenta,
  • 3 dentes de alhos por cabeça de carneiro,
  • vinagre e banha.

Preparação:
Lavam-se muito bem as cabeças de carneiro e tiram-se-lhes as “ranheiras” (narinas).
Colocam-se numa assadeira de barro e barram-se com os dentes de alho pisados com sal grosso.
Polvilham-se com pimenta, barram-se com banha e regam-se com vinagre.
Levam-se a assar no forno virando-as e regando-as com o molho que se vai formando.
Para que os miolos, que é a parte mais apreciada, fiquem bem passados, as cabeças têm de ficar muito bem assadas.

Podem servir-se quentes ou frias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *