Encharcada do Convento de Santa Clara

Criada em um dos antigos conventos alentejanos, a encharcada é um símbolo da confeitaria conventual portuguesa, que sempre usou e abusou dos ovos e do açúcar, ingredientes muito simples.

A curiosidade é que a encharcada usa mais de cinco vezes mais gemas de ovos do que claras. Embora para nós isso pareça estranho, há uma explicação: as claras eram usadas para engomar as roupas, e as receitas criadas na época tentavam dar uso às gemas que sobravam.

Ingredientes:

  • 22 gemas de ovos
  • 200 ml de água
  • 4 claras de ovos
  • 750 g de açúcar
  • Canela

Modo de preparo:

  1. Leve o açúcar ao fogo com a água e deixe ferver até fazer o ponto pérola (quando escorre da colher, a calda cai em fio, fôrmando uma bolinha na ponta).
  2. Bata os ovos.
  3. Quando a calda estiver no ponto, coloque os ovos lentamente, através de um coador e em movimentos circulares.
  4. Deixe cozinhar, mexendo de fora para dentro para evitar que ganhe crosta.
  5. Retire do fogo quando os ovos estiverem cozidos, mas ainda com um pouco de calda.
  6. Coloque numa fôrma e polvilhe a canela.
  7. Leve ao forno pré-aquecido até dourar.

Fonte: http://turismodoalentejo.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *